sábado, 19 de abril de 2014

É hoje!


Procissão do Senhor Morto reúne milhares de fiéis em Serrinha

Foto: Erika Luz


Foto: Erika Luz


Foto:  Erika Luz
Após a Celebração da Paixão de Jesus na Catedral, fiéis católicos reuniram-se para participar da Procissão do Senhor Morto na noite desta sexta-feira (18).

A Procissão saiu da Antiga Matriz, o Santuário de Santana, percorrendo as principais ruas do Centro da cidade entoando hinos e cânticos que exaltam a Santa Cruz e o sacrifício de Jesus na cruz.

No cortejo, imagens antigas de Jesus morto e de Nossa Senhora acompanharam todo o trajeto. Estima-se ainda que cerca de 8 mil pessoas participaram a Procissão, segundo os organizadores e Prefeitura Municipal. 

Ao final da caminhada, no palco instalado na Praça Luiz Nogueira, Centro, o Bispo Diocesano Dom Ottorino Assolari convidou os fiéis a meditarem sobre quais personagens da Paixão e Morte de Jesus se identificam. De Judas Iscariotes a Simão Pedro, Tiago e Maria, os fiéis assim atenderam ao pedido do Bispo e fizeram um exame de consciência.

O público apreciou ainda a encenação "A Paixão de Cristo" que apresentou os fatos narrados pelos evangelistas conforme o momento litúrgico.

Por Fernando Nunes - Redação da PASCOM



Foto: Erika Luz


Foto: Erika Luz

Dom Ottorino Assolari preside celebração da Paixão na Catedral

Foto: Erika Luz
Foto: Erika Luz
Na tarde desta sexta-feira (18), os fiéis católicos celebram a Paixão do Senhor na Catedral de Senhora Santana em Serrinha.

O Bispo diocesano, Dom Ottorino Assolari, presidiu a celebração juntamente com o Padre Evandro Andrade, Padre Ruthberg (Gugu), Monsenhor Enrico Rosa e Padre Rómulo - Consagrado à Comunidade Católica Shalon e natural de Serrinha.

Após o rito de entrada da celebração na Catedral, Dom Ottorino deitou-se no chão, em silêncio, sob o olhar atendo da assembléia e fez uma breve oração. 

A primeira leitura, retirada do Livro do Profeta Isaías, o Salmo 100, a segunda leitura do Livro dos Hebreus e o Evangelho de São João, conforme liturgia do dia, convidou a assembléia a metidar sobre a Paixão e Morte do Mestre Jesus.

Na homilia, o bispo diocesano afirmou "que o momento litúrgico é de silêncio  e tristeza em sabermos que, por causa de nossos pecados, humilharam e mataram Jesus nosso Salvador".

"Jesus o grande sacrifício de morrer na cruz para nos salvarmos do pecado. Seu coração duramente ferido e o sangue derramado na cruz representa o batismo no amor de Deus", destacou Dom Ottorino.

Nesta celebração, os fiéis fizeram um momento de adoração a Cruz, simbolo de fé cristã e reflexão sobre os pecados cometidos a fim de alcançar o perdão. O momento da comunhão representa um pedido de Jesus em transformar a hóstia consagrada no seu corpo e sangue. 

Ainda sobre os ritos da celebração, orações universais foram feitas pela Igreja, pelo Papa Francisco, o Bispo e todo o clero, os leigos e religiosos e religiosas para que a unidade e paz seja a nossa fortaleza. 

E por fim, como gesto de solidariedade e fraternidade, os fiéis foram motivados a serem generosos no ofertório a fim de destinar todo o dinheiro arrecadado para a Terra Santa, conhecida como a coleta do Óbulo de São Pedro.

Foto: Erika Luz

Foto: Erika Luz

Foto: Erika Luz
Por Fernando Nunes - Redação da PASCOM

18º Vem Louvar

O Vem Louvar é um evento Católico, realizado pela Renovação Carismática Católica durante a Micareta, que proporciona ao povo baiano momentos de encontro pessoal com Deus através de reflexões, oração, celebrações e shows musicais. 

Teve início na década de 90, como um encontro fechado e organizado para levar no máximo 100 jovens da Paróquia Nossa Senhora das Graças na Cidade Nova. Hoje, a exemplo de encontros realizados pelo Brasil afora em períodos carnavalescos, tais como: Rebanhão em São Paulo, Renascer em Fortaleza, Rios de Água Viva no Rio de Janeiro, o Vem Louvar é aberto a todos aqueles interessados em participar e reúne cerca de 4.000 pessoas por dia. 

O Vem Louvar tornou-se o evento católico de maior expressividade do interior da Bahia, com a participação de pessoas de todas as idades, e não só de Feira de Santana, mas também dos distritos e cidades vizinhas como Serrinha, Humildes, Coração de Maria, São José, Sta. Bárbara, São Gonçalo dos Campos, Santo Estevão, Irará, etc. 

O evento que foi inspirado por Deus, tem o objetivo de evangelizar e em comunhão com a Igreja "Semear a Cultura de Pentecostes". Este ano com o tema, "Reunidos num só corpo pela força da cruz" (Ef.2,16), queremos obedecer ao chamado de nosso Senhor que nos chama a ser um. 

Teremos como pregadores Gilvaney do Ministério Jovem da RCC Camaçari, Frei Mário Sérgio OFM Cap. Da Arquidiocese de Feira de Santana, Meire Alessandra da Comunidade Nascidos aos pés da Cruz de Salvador e Jeferson Alencar do Ministério de Oração por Cura e Libertação do Pará. Sábado a noite show com a Banda Desensus de Feira de Santana.

Fonte: Arquidiocese de Feira de Santana

Mensagem de Dom Itamar Vian

Leia [abaixo] a mensagem ELE ESTÁ VIVO de autoria do Arcebispo Dom Itamar Vian. "Os olhos da alemã Karin Konrad, uma senhora de 50 anos, encheram-se de lágrimas quando recebeu uma carta escrita há 39 anos. O remetente: Elvis Presley. A correspondência é uma resposta tardia para Karin, que escreveu ao ídolo pedindo um autógrafo como presente de seu aniversário. A carta ficou perdida por quase quatro décadas porque a dona de casa onde o cantor morava, esqueceu de colocá-la no correio."



ELE ESTÁ VIVO


Os olhos da alemã Karin Konrad, uma senhora de 50 anos, encheram-se de lágrimas quando recebeu uma carta escrita há 39 anos. O remetente: Elvis Presley. A correspondência é uma resposta tardia para Karin, que escreveu ao ídolo pedindo um autógrafo como presente de seu aniversário. A carta ficou perdida por quase quatro décadas porque a dona de casa onde o cantor morava, esqueceu de colocá-la no correio.

LOCALIZADA recentemente, a carta foi enviada para o endereço indicado. Trata-se de uma das cinco únicas escritas à mão por Elvis Presley. Exame grafológico confirmou a autenticidade da carta. Os peritos estimam que ela vale, pelo menos, dez mil dólares, mas seu preço deverá aumentar à medida que o tempo passar. Karin garante que jamais vai se desfazer dela.

KARIN Konrad ao receber a carta exclamou: "ele está vivo"! Na realidade, ele vive no coração dos saudosos. Ele personificou adolescentes. Mesmo assim, é ídolo de outra geração e não faz muito sentido para os adolescentes de hoje. O mundo dos ídolos é um mundo efêmero. E cada vez mais efêmero. Eles brilham intensamente e rapidamente desaparecem, deixando lugar a novos ídolos.

EXISTE, porém, uma personalidade que supera amplamente a qualquer outra. Marcamos o tempo com a data de seu nascimento. Estamos no ano 2014 depois de Cristo. E nada indica que seu tempo tenha passado. Pelo contrário, cada vez mais a humanidade está fascinada por Jesus de Nazaré.

COMO VOCÊ se sentiria se chegasse em suas mãos um documento autografado por Ele? Temos muito mais que isto. O Evangelho é um documento autêntico dele. É - de certa maneira - uma mensagem dirigida a cada um de nós. Mais de dois mil anos depois, superando as brumas do tempo, Jesus continua presente. Dele podemos dizer. Ele vive. "Porque procurais entre os mortos aquele que está vivo?" (Lc 24,5).

PORQUE ressuscitou, Jesus é nosso contemporâneo. Ele caminha conosco. Ele ressurgiu realmente. Convidemos Jesus, como fizeram os discípulos de Emaús, a entrar em nossa casa como apóstolos, caminhemos pelas estradas do mundo anunciando "A Alegria do Evangelho", na certeza das palavras do Ressuscitado. "Estarei convosco até o final dos tempos". A vida venceu a morte. Feliz Páscoa!



Por Arquidiocese de Feira de Santana

Aprovada lei que institui o Dia Estadual da Bem-Aventurada Dulce dos Pobres

A Lei 13.153, publicada no Diário Oficial da última quinta-feira (17), institui o dia 13 de agosto como o Dia Estadual da Bem-Aventurada Dulce dos Pobres. A iniciativa do projeto de lei teve a autoria do Deputado Estadual Yulo Oiticica.

Para o deputado, Irmã Dulce é um exemplo de dedicação e amor ao próximo, portanto, homenageá-la com um dia especial é uma forma de agradecer. “Como Católico quero agradecer a Deus ser porta voz desta homenagem ao nosso Anjo Bom da Bahia. Viva a Irmã Dulce dos Pobres! Neste momento de tanta violência, que Jesus Cristo nos abençoe e nos inspire a seguir os passos Exemplo da Querida Irmã Dulce. De lutar pela Paz”, afirmou o deputado em uma página na rede social.

Por Arquidiocese de Salvador

Papa Francisco doa 150 ovos de Páscoa ao Hospital Pediátrico Menino Jesus de Roma

Cidade do Vaticano (RV) - A Santa Sé enviou, nesta sexta-feira, um caminhão carregado de ovos de Páscoa para as crianças internadas no 'Hospital Pediátrico Menino Jesus' de Roma. Este é o presente que o Papa Francisco quis oferecer aos pequenos pacientes do hospital.

Os 150 ovos coloridos foram distribuídos na sala de jogos e entre as crianças da ala de oncologia. Em 21 de dezembro de 2013, o Papa Francisco visitou a estrutura hospitalar. Naquele dia, no Janículo, o Santo Padre foi recebido por uma multidão de fiéis, enfermeiros e médicos. Ele sorriu, brincou e acariciou com afeto cada criança. 

O Hospital Pediátrico Menino Jesus de Roma é propriedade da Santa Sé desde 1924. É conhecido pelas famílias como o "Hospital do Papa". O primeiro pontífice a visitar o hospital, em 1958, foi o Papa João XXIII. Depois, todos os outros pontífices fizeram o mesmo. 


(MJ) Por Rádio Vaticano