sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Papa aos teólogos: escuta da Palavra e dos sinais dos tempos

No final da manhã desta sexta-feira, dia 5 de dezembro o Papa Francisco encontrou a Comissão Teológica Internacional. O Santo Padre começou por recordar que a esta Comissão foi criada logo depois do Concílio Vaticano II no seguimento de uma proposta do Sínodo dos Bispos.

 E esclareceu a missão da Comissão que é aquela de” estudar os problemas doutrinais de grande importância,  especialmente aqueles que apresentam aspetos novos e, neste modo, oferecer a sua ajuda ao Magistério da Igreja”.

O Papa Francisco no seu discurso procurou chamar atenção para o valor da escuta considerando que um teólogo é, sobretudo, um homem de escuta humilde: “escuta da Palavra de Deus” e “escuta daquilo que o Espírito diz à Igreja”. Deve, assim estar atento aos sinais dos tempos.
À luz desta ideia o Santo Padre mostrou a sua satisfação com o facto de existir uma significativa presença de mulheres na composição da Comissão Teológica Internacional, considerando que essa é uma boa razão para que se desenvolvam “certos aspetos inexplorados do insondável mistério de Cristo”.
O Papa referiu-se assim à característica internacional desta comissão que reflete a catolicidade da Igreja. “A diversidade de pontos deve enriquecer a catolicidade sem prejudicar a unidade” – afirmou o Pontifice que confiou à proteção da  Virgem Imaculada os trabalhos da Comissão Teológica Internacional. (RS)

Por Radio Vaticano

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Papa Francisco renova apelo pelos cristãos perseguidos no mundo

Na audiência geral desta quarta-feira, 12 de novembro, o Papa Francisco renovou o seu apelo pelos cristãos perseguidos no mundo, expressando a sua proximidade espiritual às comunidades cristãs vítimas de violência: Eis as suas palavras:
"Com grande tristeza acompanho os casos dramáticos dos cristãos que em várias partes do mundo são perseguidos e mortos por causa de seu credo religioso. Sinto a necessidade de expressar a minha profunda proximidade espiritual às comunidades cristãs duramente atingidas por uma violência absurda que não dá sinais de aplacar-se. Encorajo os pastores e todos os fiéis a serem fortes e firmes na esperança. Mais uma vez, dirijo um apelo aos que têm responsabilidades políticas a nível local e internacional, assim como a todas as pessoas de boa vontade, a fim de que se empreenda uma vasta mobilização de consciências em favor dos cristãos perseguidos. Eles têm o direito de encontrarem nos seus países segurança e serenidade, professando livremente a nossa fé."
No passado dia 4 de novembro, verificou-se mais um episódio de violência anticristã no Paquistão. Um jovem casal foi apedrejado e queimado vivo no distrito de Kasur. Eles eram pais de quatro filhos e a mulher estava grávida. A multidão que cometeu o crime alegava um suposto caso de blasfêmia.
Por Radio Vaticano

terça-feira, 16 de setembro de 2014

Paróquia da Catedral celebra a Festa da Colheita

No último domingo (14 de setembro) aconteceu a Festa da Colheita da Paróquia da Catedral que teve início com a missa solene presidida pelo Pe. Rutherg, administrador paroquial. A festa da colheita é uma festa bíblica celebrada com o objetivo de agradecer a Deus por todos os frutos produzidos em memória ao povo de Israel que promovia uma festa durante oito dias sendo a última festa do ano.


Na homilia, o Padre Ruthberg ressaltou a Exaltação da Santa Cruz e o significado da Festa da Colheita a fim de não nos esquecemos das obras de Deus; a prova disso está nos frutos adquiridos pelo trabalho na terra, motivo para agradecer a Deus: “A prova de que Deus vive está nos frutos que trazemos, diante disso, a cruz faz parte do seu projeto”.

Sobre o mês da bíblia, enfatizou a oportunidade de crescer diante do conhecimento das Sagradas Escrituras: “Se nós tivéssemos a coragem de mergulhar nessa riqueza, que é a Palavra de Deus, iremos perceber tantos outros frutos que Deus nos concederia ainda mais”, afirmou o padre.

Por fim, “Jesus nos ensinou que devemos carregar a cruz, não de cabeça baixa, mas olhando para frente, pois sabemos onde vamos chegar, assumindo a nossa limitação humana, nossos pecados, ingratidão, pois assim seremos glorificados assim como Jesus”, E lembrou que a festa que celebramos é também conhecida como Festa das Tendas onde os judeus colhiam os primeiros frutos após as chuvas e ia para as tendas agradecer a Deus. 

Nessa celebração, registrou-se um breve momento de exaltação da cruz, e no ofertório, as comunidades entraram em procissão ofertando simbolicamente o que produziram. 

Após a Missa, o Padre Ruthberg agradeceu as comunidades pela generosidade e pela presença nesta belíssima festa e diversos grupos culturais se apresentaram em frente à igreja, enquanto os produtos doados eram vendidos os fiéis.




Por Mércia Silva - Redação da PASCOM
Fotos: Portal PASCOM e Thiago Rodrigues

terça-feira, 2 de setembro de 2014

Centro Juvenil Sant´Alessandro


Mês de setembro é mês vocacional


Ordenação Diaconal do seminarista Robson Batista


No dia 24 de Agosto de 2014, a Diocese de Serrinha celebrou a Ordenação Diaconal do seminarista Robson Batista de Lima, realizada na Paróquia da Catedral de Senhora Sant’Ana, em Serrinha. Estiveram presentes o bispo diocesano Dom Ottorino Assolari, todo o clero da Diocese e grande número de fiéis. Nessa celebração, os seminaristas Rodrigo Oliveira, Erismaldo Lima e Gildvan Oliveira receberam o Ministério de Acólitos, e o seminarista José Carlos o Ministério de Leitor. 


Em sua homilia o bispo diocesano afirmou que a celebração foi uma daquelas que abre o coração a esperança e a confiança, porque em tempo de crise vocacional que atingiu a diocese, acolher quatro jovens para os ministérios e um jovem para o diaconato é “coisa grande” pela qual deve-se louvar e agradecer ao Senhor.

“Temos que assumir Cristo em nossa vida, ser para os outros imagem de Cristo”, afirmou o bispo que ressaltou o significado de proclamar Jesus o filho de Deus salvador, sendo que, a nossa vida deve ter os olhos fixos em Jesus para entender como viver, como transmitir a imagem de Jesus. Ao final pede aos fiéis “sustentem a vocação dele com a vossa oração, todos unidos em pedido a Deus a fidelidade destes homens então todos nós estaremos cumprindo a nossa missão no mundo, que é a missão de levar Jesus Cristo, de levar a salvação”, finaliza Dom Ottorino.

Por Mércia Silva – Redação da PASCOM
Fotos: Thiago Rodrigues https://www.facebook.com/thiagoigrejaviva?fref=ts